Só tem sentindo contratar jovens se for para desenvolvê-los de verdade! Por isso, o RH da Essencis MG vem construindo desde novembro de 2020 o Programa Revelar, que identifica novos talentos que apresentem alto potencial de desenvolvimento.

 

Alinhado ao Estatuto da Juventude, o programa propicia mais que oportunidade de desenvolvimento profissional. Por meio dele são trabalhadas outras competências como  promoção da autonomia e emancipação dos jovens; a valorização e promoção da participação na vida social; promoção da criatividade e valorização da opinião. O reconhecimento do jovem como sujeito de direitos universais, geracionais e singulares; a promoção do bem-estar, da experimentação e do desenvolvimento integral do jovem; o respeito à identidade e à diversidade individual e coletiva; e a oportunidade de um ambiente de diálogo e convívio do jovem com as demais gerações.

 

O programa também possibilita a abertura de portas para futuras contratações visando a efetivação na Essencis MG de jovens inseridos na cultura da empresa e reitera a importância do PPCS (Programa de Parceria Cidadã com a Sociedade) porque nosso público-alvo são moradores das comunidades do entorno das UVSs com idade entre 18 a 23 anos.

 

Por meio do programa, são feitos encontros mensais, nos quais os aprendizes são treinados para ingressarem no mercado de trabalho e provocados sobre condutas cidadãs. Nestes encontros, são apresentadas situações cotidianas que podem acontecer ao longo da carreira e como lidar com elas de forma profissional e assertiva. Os participantes do programa são jovens que apresentam interesse em aprender, comprometimento com as atividades, engajamento com o curso e flexibilidade para lidar com pessoas e os diversos processos que encontrarão ao longo da jornada.

 

Além disso, a gameficação faz parte da dinâmica de aprendizagem. Assim, na grade do Revelar são criados desafios pelos quais os participantes têm a oportunidade de demonstrar aptidões e interesses além das atividades diárias exercidas na empresa. O primeiro desafio do ano, chamado de “Desafio do Quebra Cabeça”, teve como foco a realização de cursos extras, escolhidos pelo jovem, que possam auxilia-lo nas atividades que executam diariamente.

 

Três aprendizes se destacaram e receberam uma premiação simbólica e contaram um pouco da sua experiência. A campeã do desafio Isabela Rayssa, afirma que está alinhada com os temas da sustentabilidade. “Participei do 1º desafio do quebra-cabeça, foi uma honra ter ganhado em primeiro lugar, acredito que com muita dedicação e esforço é possível atingir os objetivos. Dos cursos feitos, os que mais me ajudaram a me ambientar e também o que mais gostei, foram os de Gestão Ambiental e Sustentabilidade”, disse.

 

Andressa Castro afirma que considera “o desafio muito agregador, mesmo sendo uma competição eu não vi por esse lado, levei ais para mostrar o meu desempenho e interesse. Fiz cursos da nova área que estou e adquiri muito conhecimento. O curso que mais gostei foi sobre Inovação Lúdica”, declara.  Já para Kathelen Silveira, o desafio ajudou a superar dificuldades pessoais. “Gostei muito de poder participar da primeira fase do desafio do quebra cabeça, era um modelo de competição que eu não estava acostumada, mas agora aprendi bem como a dinâmica dele funciona e já estou pronta para as próximas fases. O curso que mais gostei foi o de atendimento ao público pois era uma questão que eu tinha muita dificuldade e me ajudou a desenvolver bem esse lado”, afirma.

 

Carolina Mendes Borges, Assistente de RH fala sobre os desafios de estar à frente desta ação. “Fazer a gestão do Programa Revelar é desafiador porque a chamada geração Z (jovens entre 14 e 24 anos), é conhecida como uma juventude conectada e acelerada. Estimulá-los quanto a regras e processos, ajudá-los a controlar a ansiedade, ter calma e assertividade nas atividades propostas é um exercício diário, porém muito prazeroso. Os jovens de hoje prezam pela liberdade e são motivados pelos desafios, esperam ser tratados como colegas pelo líder e pelos seus pares. Trago sempre cases para discussão e resolução de problemas, aproximando-os assim do cenário real do mundo corporativo, em contra partida aprendo diariamente com nossos aprendizes, tento acompanha-los e ser alguém que os inspira, que segue junto. Agindo assim tenho mais chances de obter resultados satisfatórios, retendo esses talentos e ajudando-os a desenvolver uma trilha de carreira.”, afirma.

IMG_20220228_093044

Na foto, Isabela Rayssa.

IMG_20220228_093102

Na foto, Andressa Castro.

IMG_20220228_093030

Na foto, Kathelen Silveira.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS