A emissão de MTR – Manisfesto de Transportes de Resíduos – será legalmente exigida no país a partir de 1º de janeiro de 2021, conforme promulgação da Portaria do MMA n° 280, de 29 de junho de 2020. A partir desta data, só serão aceitos pela fiscalização e pelas empresas de destinação final os MTRs emitidos através do Sistema MTR.

Os geradores da Essencis MG já estão de acordo com o sistema de MTR eletrônico, mas salientamos a importância de atribuir corretamente o código do IBAMA aos resíduos gerados. É possível consultar a instrução normativa nº 13, de 18 de dezembro de 2012, que orienta sobre as etapas necessárias para identificar um resíduo na Lista Brasileira de Resíduos Sólidos. Segundo a norma, “a classificação de resíduos sólidos envolve a identificação do processo ou atividade que lhes deu origem, de seus constituintes e características, e a comparação destes constituintes com listagens de resíduos e substâncias cujo impacto à saúde e ao meio ambiente é conhecido”.

O time Comercial da Essencis MG, visando a melhoria continua dos processos, irá associar os códigos do MTR eletrônico (Lista Brasileira de Resíduos – Ibama) com os códigos das substâncias (resíduos cadastrados em nossos sistemas) dos nossos geradores. Assim será possível a leitura do código de barras impresso no MTR eletrônico e, com isso, uma maior agilidade na prestação do nosso serviço. Esse processo só será possível graças ao nosso setor de Tecnologia da Informação e ao apoio habitual dos nossos clientes na definição e atribuição corretas do código do Ibama ao elaborarem os manifestos.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS