Nesta segunda (30/08), a Justiça do Pará homologou o acordo judicial que proporciona a operação do Aterro Sanitário até Agosto de 2023, e a partir de agora, a Guamá entra num novo marco: novos investimentos em tecnologias serão feitos no aterro sanitário metropolitano, o que torna a empresa referência em tratamento de resíduos no Norte do país.

 Ao mesmo tempo, o órgão ambiental do estado, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) liberou a Licença de Instalação da Usina de Biogás. A atividade da usina será capaz de ser usada como uma iniciativa de demonstração tecnológica em termos de gerenciamento adequado e ambientalmente correto de gases como parte da operação de um aterro para o estado do Pará, contribuindo para a redução das emissões de GEE (gases de efeito estufa), mitigar as mudanças climáticas e também será um grande auxilio para a minimização de odores, que por ventura, possam ser dispersos.

Sem-Ttulo-1

A Guamá ressalta que não só é especialista de soluções para os resíduos, mas também preza pela qualidade de vida dos colaboradores, pela oferta de melhores condições para os parceiros e, claro, pela modernização sustentável.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS