A futura UVS de Capão do Leão está mais próxima de se tornar realidade. A FEPAM, órgão fiscalizador do Estado, autorizou o licenciamento ambiental por meio do RAS – Relatório Ambiental Simplificado, uma vez que a área do futuro empreendimento está localizada em uma região de baixa sensibilidade ambiental, segundo os critérios técnicos definidos pela FEPAM. Esta modalidade de licenciamento permite que o processo tramite de forma mais rápida, pois os estudos ambientais necessários são mais simplificados quando comparados com um licenciamento por EIA/RIMA.

O Coordenador da área de Desenvolvimento de Negócios, Cleber Ferreira, comemora o rápido avanço no processo de licenciamento. “Este processo representa uma grande conquista para a CRVR, pois estaremos possibilitando para região Sul do Estado uma solução ambientalmente adequada para a disposição final a de RSU, com a implantação de um aterro com capacidade de recebimento de 700 t/dia. A futura UVS irá reduzir a média de transporte dos geradores da região de 188 km para 68 km, resultando em menor impacto ambiental pela redução de emissões de CO2 e redução de riscos de acidentes rodoviários. Além disso, a condução dos estudos ambientais por RAS irá permitir uma redução significativa no tempo de licenciamento”.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS